Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

SIX, blog

Vida Saudável vs Obsessão

17.09.16 | Joana Carreira

Food-Flatlay-Tips-1.jpg

 

(...)  o que está e deverá estar sempre presente é um estilo de vida equilibrado, saudável e acima de tudo, feliz. 

 

Hoje em dia vivemos rodeadas de dietas e de novos estilos de vida, novas formas de comer. Todos os dias aparecem teorias e estudos novos e acabamos por ser bombardeadas com uma série de informações e não sabemos muito bem por onde nos devemos guiar. Chegamos a ser de tal forma invadidos que acabamos, muitas vezes por nos tornarmos obcecadas com um estilo de vida mais saudável, no entanto qual é que é o limite entre adoptar um estilo de vida saudável ou ser-se obcecado por ela?

 

 

Esta pergunta vem na sequência de uma conversa que tive com uma amiga, a propósito de uma reportagem que a SIC transmitiu há umas semanas sobre a Ortorexia. Sou defensora de um estilo de vida saudável, até porque mudei os meus hábitos alimentares radicalmente, experimentei vários tipos de dietas e várias abordagens para responder às necessidades do meu corpo, contudo também “saio da linha” como qualquer uma de nós e não vivo obcecada a contar calorias, açúcares, hidratos de carbono ou gorduras. Aprendi a ler os rótulos e a saber fazer escolhas no dia-a-dia, as escolhas saudáveis, até porque as preocupações com a alimentação são definitivamente necessários, mas tudo o que é um comportamento obsessivo, é obviamente, prejudicial. Gosto obviamente de uma boa salada mas também gosto de um bom doce de vez em quando e não vou estar passar uma imagem de algo que não sou, só porque "é o mais correcto e está na moda ser saudável". As opções biológicas, a diminuição dos açúcares na nossa alimentação e com as comidas processadas são obviamente coisas que todas devemos fazer, mas o que está e deverá estar sempre presente é um estilo de vida equilibrado, saudável e acima de tudo, feliz. 

 

Na verdade o que é este conceito de ortorexia? Pois bem, já foi diagnosticado como um disturbio alimentar ao nivel da anorexia ou da bulimia, as pessoas que sofrem de ortorexia acabam por se privar de uma série de coisas boas, não saindo nunca das regras da sua dieta e seguindo sempre uma dieta restrititva, estão constantemente preocupadas com as qualidades nutricionais de todos os alimentos que ingerem, em constante julgamento com o que as outras pessoas comem e o estilo de vida dos outros, têm ainda uma preocupação excessiva com o que comeram ou que vão comer nas refeições seguintes, são incapazes de comer fora de casa ou comer algo que não foi preparado por elas mesmas entre muitos outros sintomas.

 

Esta conversa surigiu precisamente por causa dessa tal reportagem que a SIC transmitiu a alertar precisamente para os perigos da obsessão com a vida saudável, a verdade é que quando estamos a ser reeducadas a comer, esta preocupação tem de existir, no entanto é uma aprendizagem e sabemos que não devemos nunca levar as coisas aos extremos. E se queremos aprender a saber comer e a termos uma vida saudável, continuo a dizer que é MUITO importante sermos seguidas por um nutricionista. Há dietas e planos que funcionam connosco mas que não funcionam com outras pessoas e por isso mesmo, há que aprender a saber comer, consoante as necessidades de cada uma de nós. Continuo a afirmar que o equilibrio é a palavra-chave. Quando defendo que devemos ser saudáveis e que devemos optar por um estilo de vida saudável, defendo-o porque sei o impacto que isso teve na minha vida e o bom que me trouxe, mas também sei que há dietas que não funcionam comigo e que funcionam com outras pessoas e daí a importância do acompanhamento de um especialista na matéria. Nada de sermos radicalistas com “deixei de comer açúcares”, “não como hidratos de carbono” entre muitas outras afirmações que vamos ouvindo por aí. A verdade é que temos sim de ter uma preocupação com a nossa alimentação, mas não vamos deixar que isso nos consoma de tal maneira a que sejamos levadas à obsessão. Equilibrar, equilibrar acima de tudo.

 

__

ph. Mazzeup

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.